Histórico

O Cavalo Crioulo puro apareceu aqui no Sul junto com a descoberta da América. Eram estes os animais que traziam no lombo os descobridores vindos da Europa, principalmente da Península Ibérica.
Devido a sua grande importância histórica, o Cavalo Crioulo tornou-se a mais tradicional raça eqüina gaúcha e ganhou o status de animal símbolo do Estado. Além da tradição desta raça, a criação destes animais tem um importante papel na economia gaúcha, gerando cerca de 400 mil empregos diretos e indiretos na área rural e nas cidades.
De acordo com a Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), são 14 mil criadores e cerca de 180 mil cavalos registrados, espalhados por 23 Estados brasileiros e em outros três países da América Latina: Uruguai, Argentina e Chile.
A Bom Retiro adquiriu a primeira égua Crioula registrada em 1976, batizada como Pitangueira 439 de Nazareth e o primeiro garanhão Crioulo foi adquirido em 1977, chamava-se Lalo Pampeiro. O primeiro animal registrado no AFIXO Bom Retiro foi em 1977, a fêmea Madrugada do Bom Retiro.                         
          

                              

Nossos Pais de Cabanha
(CLIQUE NA FOTO PARA MAIS INFORMAÇÕES)
 
 
 
     BOM RETIRO RIGOLEMU   BOM RETIRO DO ITAPEVY
  

     BOM RETIRO MANDINGA

CAMPANA GUASQUERO

 

 

 

Links Catálogo Cavalo Crioulo Catálogo Brangus Catálogo Angus
   
   
Catálogo Angus Catálogo Angus Catálogo Brangus Catálogo Cavalo Crioulo